02 setembro 2017

Como e por que é importante jogar fora o excesso?

Há muito tempo o excesso de coisas me incomoda, desde que vi vídeos sobre minimalismo (mas não que eu seja minimalista ou que esse post tem a ver com o tema, eu só me identifiquei com esse ponto) - e como ele é uma forma de pensar e não somente um feed em preto e branco - e consegui visualizar a tamanha bagunça do meu quarto eu pude perceber que já estava na hora de desapegar do que não precisava mais.
Como jogar fora o excesso


Comecei pelo óbvio: o guarda-roupa. Por muito tempo guardei roupas que talvez pudesse usar em uma ocasião, e essa ocasião nunca chegava ou até mesmo guardava sem saber se cabia ou não em mim. Ano passado, doei um saco de estopa enorme. E algumas semanas atrás doei outro. Minhas regras para tirar peças do meu guarda roupa foram algumas perguntas: 1. Ainda serve em mim? 2. Vou usar onde e com o que? 3. Compraria de novo? 4. Fica bom em mim? 
Se falei não para alguma das perguntas ou não soube responder é porque preciso tirar do meu guarda-roupa.
Vale a lembrança de que organizei com cabides o guarda-roupa para manter a organização.
A segunda limpeza foi com a cômoda, para vocês terem uma ideia, eu tinha material escolar guardado desde a pré-escola lá dentro, então, joguei praticamente tudo fora e minhas gavetas ficaram limpas e vazias, podendo ser ocupadas por coisas realmente úteis que precisavam ser guardadas, como minhas maquiagens que ficavam espalhadas no acima da cômoda.

  • As dicas que tenho para vocês são: 


  1. Visualize algo que te incomoda pela bagunça e pense o que pode ser tirado do lugar, guardando ou jogando fora mesmo. 
  2. Faça três perguntas: O que você pode usar com o objeto? Ainda serve para o que ele é destinado a fazer? Você usou há menos de seis meses?
  3. Certifique se alguém que conhece pode usá-lo. 
  4. Limpe o local e use métodos para organização para manter a arrumação do ambiente. 
Por que é importante jogar fora o excesso?

É importante para você se sentir melhor! Falta de organização é algo que te deixa improdutivo e incomodado, você não consegue estudar/trabalhar com uma bagunça do seu lado. Pelo menos para mim, não dá para produzir no ambiente, ainda mais quando há coisas desnecessárias ocupando e bagunçando o espaço. 

Eu recomendo à todos uma limpeza no ambiente e na vida de vez em quando, tudo em excesso atrapalha e bagunça, fazendo sua vida só andar pra trás.
Vocês se interessam por organização ou minimalismo? 
Beijos e até a próxima!

Um comentário:

  1. OIOIOIOIO gatinha, tudo bom?
    Está tudo bem com você?
    O minimalismo para mim é um assunto complicado, eu gosto daquela sensação de TER e de poder guardar uma lembrança gostosa de algo. Mas acho uma iniciativa muito legal e tem gente que se identifica né?
    A única parte que eu sempre to arrumando e o guarda roupa, eu sou uma pessoa que não utiliza muita roupa então to sempre no básico.
    Eu tenho muita coisinhas, pedrinhas, livros, folhas com desenhos, esmaltes etc. Mas ta tudo tão organizado e isso me inspira! E eu acho que me aliviar sentar e poder rever algumas coisas e organizar.
    Organização, como poder ver, eu me interesso muito! Agora minimalismo para mim não rola, eu to em outra vibe agora. Mas quem sabe um dia?
    Adorei o post, achei criativio <3 <3


    sessão proibida

    ResponderExcluir